Saneamento de Passivos

O primeiro passo é efetuar o levantamento do passivo com a classificação de riscos individualizada por processo a fim de se obter o valor de perda provável.

Os depósitos recursais, judiciais e garantias devem ser levantados e atualizados para a obtenção de valores já comprometidos com a liquidação dos processos.

Na hipótese de a empresa ter sofrido algum descontrole na contabilização de depósitos recursais, é possível a contratação de rastreamento junto aos bancos oficiais.

Com base nos valores levantados, pedidos, atribuição de riscos e depósitos já realizados são identificados os processos passíveis de liquidação.

Esta etapa é efetuada com a aplicação de diversos filtros na base de dados levando em consideração aspectos financeiros e diretrizes do cliente.

Com posse dos dados acima elaboramos, em conjunto com o cliente, um planejamento financeiro e operacional visando a redução do passivo através de medidas corretivas e na promoção de acordos nos processos em andamento.

Os acordos deverão estar subordinados à disponibilidade financeira que levará em conta os valores já depositados em garantia e recursos.

Para que o saneamento seja bem-sucedido, alcançando as metas definidas, sugerimos que os processos selecionados sejam substabelecidos para a finalidade de acordos. Desta forma, obtemos maior performance e celeridade nos acordos realizados.

As negociações com os reclamantes são conduzidas por profissionais treinados que agirão em nome do cliente, sempre dentro dos limites preestabelecidos.

Os impostos relativos aos acordos realizados – INSS e IRRF – serão calculados e recolhidos conforme a legislação, sempre priorizando os interesses do cliente.

Solicite a presença de nossos consultores, teremos prazer em detalhar nossos serviços sem qualquer compromisso.

Fechar Menu