Como reduzir despesas com perícias em processos trabalhistas?

Como reduzir despesas com perícias em processos trabalhistas?

Para alguns processos trabalhistas, por conta de divergência nos fatos contábeis apresentados pelas partes litigantes, os juízes apontam a necessidade da realização de perícias, para tomar certas decisões nos julgamentos.

Os cálculos periciais são, normalmente, dez vezes mais caros que os cálculos trabalhistas convencionais.  Evitá-los representa uma grande economia para empresas. Por isso, neste post vamos explicar como é possível reduzir despesas com perícias contábeis de processos trabalhistas.

O processo de perícia

Quando os números apresentados pela empresa (Reclamada) são divergentes dos dados apresentados pelo reclamante (ex-funcionário, por exemplo), o juiz normalmente solicita a perícia contábil para esclarecê-los e, assim, tomar decisões justas.

O perito, sempre indicado pelo juiz encarregado do caso, é responsável por fazer a vistoria, analisar os dados contábeis apresentados pelo reclamante e pela reclamada e, com base no seu conhecimento técnico, emitir um laudo eficiente, seguro e imparcial.

É importante ressaltar que quem paga a perícia é quem perde o processo. Por isso, é fundamental que empresas mantenham seus cálculos trabalhistas corretos e informações sobre seus colaboradores atualizadas.

Como reduzir despesas com as perícias?

O tempo e os recursos financeiros gastos para a realização de perícias podem ser poupados com a implantação de softwares que padronizem os cálculos das empresas. O SCTr Web, programa de cálculos trabalhistas da Macdata Tecnologia, é capaz de realizar a apuração de quaisquer verbas trabalhistas, como horas extras, insalubridade, periculosidade, reintegração, diferenças salariais, aviso prévio, férias, DSR, 13º salário, entre outros.

Além disso, o software facilita, também, a interpretação dos cálculos e a disponibilização de informações, apoiando a defesa elaborada pelo departamento jurídico, nos processos.

Quanto melhor a metodologia do cálculo e o relatório para apresentação dos pedidos, se torna mais claro e fácil, para o juiz, interpretar os dados e valores calculados, fazendo com que o magistrado conclua a decisão sobre o processo sem que haja necessidade de perícia contábil. E, mesmo que haja a necessidade da realização dos cálculos periciais, se a empresa demonstrar que seus dados estão corretos, o pagamento dessa perícia será de responsabilidade do reclamante.

No nosso ebook, falamos mais sobre os riscos de uma gestão baseada em estimativas, nos processos trabalhistas.

O SCTr Web

O sistema é online e pode ser acessado de qualquer dispositivo que tenha conexão com a internet, além de possuir suporte técnico e operacional. Para produzir os cálculos na ferramenta, o advogado precisa apenas interpretar os dados do processo e colocá-los no SCTR Web, que, com base na análise dos pedidos ou da sentença proferida, é capaz de executar uma ampla gama de apurações de valores devidos em processos trabalhistas.

O SCTr possui mais de 250 verbas pré programadas para cálculo. Confira as possibilidades de avaliação do produto aqui.


Deixe uma resposta

Fechar Menu